top of page

Exercício: Porque custa começar ?


Talvez pelo facto de a palavra "Exercício" estar associada a esforço, muitas pessoas têm muita dificuldade em incorporar o exercício nas suas vidas. São várias as tentativas, mas manter o hábito parece ser demasiado difícil para a maioria. Já passaste por isto?




O ser Humano foge à dor por natureza, seja ela física ou emocional. A verdade é que a maioria das pessoas que começa um programa de exercício, excede-se na intensidade inicial com que o faz, com consequências físicas como as dores musculares, mas também com consequências psicológicas, no sentido em que ao conceito de "fazer exercício" passa a estar associado um sentimento de sacrifício e desconforto que se virá a tornar num fator desmotivador mais à frente. Por esta razão, é tão importante que a experiência associada ao exercício, seja uma de desafio, sim, mas sem que esse desafio seja excessivamente desconfortável.


Aqui ficam algumas dicas para te ajudar a ultrapassar esta barreira. O objetivo é tornar este processo o mais gradual possível de forma a que o corpo e a mente não procurem desculpas para continuar sem se mexer de uma forma mais saudável:



  • Faz sessões curtas e de baixa dificuldade, 15 minutos é melhor do que nada. À medida que te fores adaptando ao exercício, poderás depois aumentar o grau de dificuldade.


  • Faz exercício orientado para a tua necessidade. Na dúvida, pergunta a um técnico de exercício físico que tipo de exercício é mais adequado para a tua condição.


  • Faz uma avaliação física inicial para conseguir medir o teu progresso ao longo do tempo. Os resultados podem ser uma excelente fonte de motivação.


  • Faz um plano de treino com um profissional. Muitos ginásios disponibilizam uma avaliação física com elaboração do plano de treino sem custo adicional.


  • Se tiveres possibilidade, procura um treinador pessoal. Para além de ganhares na qualidade do treino, o compromisso ajudar-te-á a que não te auto-sabotes.


Qual é a tua maior dificuldade para integrares o exercício no teu dia-a-dia?











3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page